Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

Para aqueles que nos chamam de filhos da p***

Imagem
Dia 19 me senti ofendido com uma declaração de agressão gratuita no facebook feita por uma amiga (pelo menos eu a considero amiga): a Amanda. A Amanda é minha colega de aula, evangélica, filha de evangélica, irmã de evangélico que, segundo ela me contou ano passado, é altamente homofóbico. Bom, em geral, não conversamos sobre religião; ela tem a sua, eu não tenho nenhuma. Mas o print screen no começo do texto mostra sua declaração: ela chamou a todos os ateus e, portanto, eu junto, de filhos da puta (ou alguém tem dúvida do que letras os três asteriscos pudicamente escondem?). Intemperança evangélica, talvez; talvez a pouca idade; talvez tenha se expressado mal; talvez até tenha tentado fazer uma brincadeira, já que seu comentário termina com rsrrsrsrsrs. Respondi-lhe – buscando manter o alto nível apesar da agressão gratuita – que “não basta acreditar em um livro escrito na Idade do Bronze cheio de contradições e basear seus julgamentos morais por ele, é preciso, ainda, tem que obri…

De frente com Nitrogênio

Para os poucos que acompanham meus posts e está estranhando minha ausência, digo-lhes: não é por falta de vontade. Poucas coisas me dão mais prazer do que compartilhar meus mal escritos textos; mas viajens pela faculdade (Itaara, Rosário, Itaqui), trabalhos em várias componentes curriculares, a aproximação das provas e a lida de “dona-de-casa” nesta vida de pai separado às vezes não deixam muito tempo para escrever. Hoje, porém, tenho um trabalho da componente curricular Transformações da Matéria, ministrada pela professora Fabiane Ferreira. Desde o primeiro semestre temos um grupo de trabalho que se comprometeu a fazer as tarefas de maneira diferente, como forma de tentar desenvolver novas perspectivas educacionais, com farto uso da criatividade (que sobra em meus colegas) e muito bom humor. Para esse trabalho, por ideia da Amanda Machado (que também trabalhou como diretora, figurinista e diretora de produção), resolvemos apresentar o nitrogênio de uma forma alternativa, fugindo da…