domingo, 6 de junho de 2010

Cegueira


“É dessa massa que somos feitos, metade indiferença e metade ruindade”.
A frase, do genial Saramago (foto), define o livro (estou lendo Ensaio Sobre a Cegueira).
O alfarrábio é ótimo e um pouco mais fácil de folhar do que as demais obras do mestre português.
Para quem ainda tem fé nos bípedes (como nos definiria Schoppenhauer), é um verdadeiro soco no estômago; para quem é realista, um espelho da humanidade.
Se você assistiu ao filme de Fernando Meirelles e gostou, não pode perder a obra; caso não tenha apreciado, dê uma chance ao original, que é bem melhor que sua adaptação à 7ª arte.
Em minha opinião é o segundo melhor livro do único escritor de língua portuguesa detentor do Nobel de Literatura, ficando atrás somente do Evangelho Segundo Jesus Cristo.
É ler pra crer...

Nenhum comentário:

Postar um comentário